- MENU -
HOME

Don Camilo

O regresso de Don Camilo

Don Camilo e o nobre Peppone

Don Camilo monsenhor

O camarada Don Camilo

Brescello

O Filme

Don Camilo Monsenhor

Ano 1961
Cor Preto e Branco
Duração 115'
Título em francês Don Camillo... Monseigneur!
Título em italiano Don Camillo Monsignore … ma non troppo
Título em inglês Don Camillo: Monsignor!
Título em alemão Hochwürden Don Camillo
Direcção Carmine Gallone
Cenário René Barjavel
Música original Alessandro Cicognini

Actores
Protagonistas principais
:
Fernandel  Don Camilo
Gino Cervi  Peppone

Protagonistas secundários:
Leda Gloria  A mulher de Peppone
Gina Rovere  Gisella Marasca
Valeria Ciangottini  Rosetta Grotti
Saro Urzì  o presidente Brusco
Marco Tulli  Smilzo
Andrea Checchi  representante comunista de Roma
Carlo Taranto  Marasca,o marido de Gisella
Armando Bandini  Don Carlino
Giuseppe Porelli  Dr. Galluzzi
Karl Zoff  Walter Bottazzi
Andrea Scotti  o chefe dos jovens atletas
Emma Gramatica  Desolina
Renzo Ricci  a voz off de Cristo

 

O enredo: Don Camilo é Monsenhor e Peppone senador. Ambos se encontram em Roma, mas sentem as saudades da vila e voltam. Aí, continuarão de novo a enfrentar-se. O sacerdote e o presidente da câmara chegarão a um acordo sobre a questão da construção dos prédios para os mais necessitados da vila, mas interroga a Virgem de Borghetto (a pequena capela da discórdia). Don Camilo celebra o casamento do filho de Peppone.

Peppone (nesta altura faz-se chamar Pepito Sbazzeguti) ganha o totobola (Totocalcio) e montará um sino defronte da câmara municipal. A finalidade deste sino é tocá-lo no momento do funeral de um jovem militante do partido comunista, que faleceu num motim em Regio Emilia (os acontecimentos históricos reais são magistralmente reflectidos no filme). Depois de um jogo de cartas e de um banho no rio, os personagens principais estão prontos para regressar a Roma.

 

 

 

Cartaz publicitário
Don Camillo Monsignore...ma non troppo

Cartaz publicitário
Hochwürden Don Camillo

Cena do filme
Cena do filme